O que é design de interiores e como ele contribui para a sua saúde e bem-estar?

O que é design de interiores e como ele contribui para a sua saúde e bem-estar?

Para muitos, a definição do que é design de interiores está diretamente relacionada à decoração. Mas será que é só isso mesmo? De fato, os projetos desenvolvidos para  interior de ambientes vão trazer revestimentos, acabamentos e cores, mas não apenas isso!

Por isso, se você quer saber o que é design de interiores e como ele pode contribuir para a sua saúde e bem-estar, confira o conteúdo que preparamos exclusivamente para você! 

O que é design de interiores?

Agora vamos responder o que é design de interiores. O profissional que atua nessa área tem a missão de entender como os usuários do espaço em questão se comportam e do que eles precisam. 

A partir disso, eles organizam os fluxos e os espaços em que a pessoa permanece por meio da produção de um layout desses espaços. Para isso, o profissional pode fazer uso de paredes, objetos e mobiliários. 

Além disso, o que é design de interiores ainda pode ser respondido por meio do desenvolvimento de um projeto que venha a oferecer conforto aos usuários, seja de uma casa, loja, salões, escritórios ou lojas que realizem serviços de micropigmetação. E isso pode envolver a parte térmica, acústica ou a proposição de uma melhor iluminação e ergonomia, também apontando a altura e as dimensões dos objetos e mobiliários. Cabe ainda ao design de interiores especificar os materiais e os revestimentos que serão usados. 

Como o design de interiores pode oferecer mais conforto e bem-estar ao seu ambiente? 

Em tempos atuais, entender o que é design de interiores e saber que ele é um meio de ter conforto e bem-estar é fundamental, já que impacta diretamente na qualidade de vida. 

E o design de interiores tem o poder de oferecer essa qualidade de vida e levar bem-estar às pessoas nos ambientes. Isso acontece porque a sua missão é projetar ambientes que sejam capazes de fazer com que o espaço fique confortável, torne o cotidiano mais fácil e promova mais saúde. Portanto, o projeto de design de interiores promove conforto, bem-esta, organização, temperatura adequada e iluminação. 

O design de interiores ainda é responsável por fazer com que as pessoas se sintam bem e tenham prazer em estar nos ambientes, já que o ambiente terá mais funcionalidade. 

Ou seja, o projeto tem o poder de colocar os móveis nos locais mais adequados, para que eles ocupem os espaços de maneira mais funcional e confortável. De nada adianta ter um sofá ou uma cadeira que não seja útil. E, mais do que isso, que traga dores e cansaço aos frequentadores, não é mesmo? 

Por isso, o profissional vai escolher um mobiliário levando em consideração as pessoas que usam o espaço. Além disso, é fundamental ter a quantidade certa de móveis, porque tudo o que é em excesso, é ruim, pois passa a sensação de que o ambiente está bagunçado. 

Diante disso, o design de interiores vai colocar os móveis certos, permitindo que a circulação das pessoas aconteça de forma natural e tranquila, impedindo acidentes como colisões e trombadas nos itens que são usados como decoração. 

Outro ponto é que o design de interiores possibilita que as pessoas tenham contato com a natureza. E isso é fundamental, porque faz com que o dia a dia seja mais saudável e tenha beleza em diferentes ambientes. 

Para isso, o projeto pode incluir jardins, paisagens, vasos de plantas e até telhados ecologicamente corretos. Vale lembrar que em tempos de crise hídrica, é fundamental saber que cabe também ao profissional que atua com o design de interiores a missão de usar da melhor maneira possível a ventilação natural. 

E essa medida, ainda que simples, também contribui para a saúde, já que a ventilação natural faz com que os vírus e bactérias que ficam no interior do ambiente não fiquem circulando no ambiente. 

Temos que falar ainda do conforto e da ergonomia. O conforto está diretamente relacionado às cores, a acústica, a temperatura e a ventilação. Quando se harmoniza todos esses elementos, o ambiente fica mais harmônico e oferece mais bem-estar. 

Além disso, a ergonomia é responsável ainda por possibilitar que os espaços contem com dispositivos, equipamentos e mobiliários se adaptem ao perfil dos seus usuários. E isso é fundamental para impedir que as pessoas tenham dores e/ou doenças provenientes de esforços repetitivos. 

Quanto custa um projeto de arquitetura?

Agora que você entendeu o que é design de interiores, certamente deseja saber quanto custa um projeto de arquitetura. O valor varia conforme o tipo de projeto que será desenvolvido e do acompanhamento que o profissional escolhido vai oferecer durante toda a execução da obra. 

No entanto, independentemente do preço, contar com um profissional que oferece consultoria completa é a melhor forma de ter tranquilidade durante toda a execução do projeto.

Outro ponto é que o profissional escolhido tem expertise para além de tornar os ambientes saudáveis fazer também com que eles fiquem sustentáveis.  

Consultoria de design de interiores em BH

Se você precisa de uma assessoria completa em design de interiores para a sua construção ou reforma, entre em contato. Roberta Cavina é referência no desenvolvimento de projetos para quartos, salas, cozinha, banheiro e área externa. Experiência de mercado e expertise para indicar os melhores fornecedores, acompanhar todas as etapas da obra e oferecer as melhores soluções para o seu espaço residencial ou comercial. Tenha o projeto dos seus sonhos!

Confira nossos principais serviços:

Projeto para interior de imóveis;

Projetos comerciais;

Projetos para lofts;

Projeto para cozinha;

Projetos para banheiros;

Projetos para sala de estar;

Projetos par sala de jantar;

Projeto de quarto de solteiro;

Projeto quarto infantil;

Projetos para piscinas;

Projeto de jardins;

Projeto de iluminação;

Projeto para quarto de casal.